A Ruiva Misteriosa – Alice Clayton

Livro 1 – série Redhead

O livro

A Ruiva Misteriosa – ou The unidentified redhead, em inglês – é o primeiro livro de uma trilogia Redhead, escrito por Alice Clayton, e publicado pela editora Universo dos Livros. A edição é de 2014 e contém 272 páginas de literatura americana erótica, que é claramente o estilo da autora.

Durante os vinte e cinco capítulos de A Ruiva Misteriosa, você verá o romance de Grace Sheridan e Jack Hamilton, ambos em busca de uma carreira de sucesso em Los Angeles, mas com algumas diferenças que não serão perdoadas pela mídia do entretenimento, como a diferença de idade. Contudo, o casal acaba por viver um romance cheio de momentos divertidos e sexuais, que mesclam o erotismo com a comédia, enquanto tentam conciliar suas rotinas e responsabilidades individuais, com seus desejos carnais e emocionais.

Sobre a obra

Grace Sheridan é uma mulher de trinta e três anos, solteira, ruiva e de boa forma, que volta a Los Angeles, pela segunda vez para tentar construir uma carreira de sucesso no mundo do entretenimento. Na sua primeira ida, juntamente com sua amiga de faculdade Holly Newman, Grace não conseguiu se estabelecer como Holly, e teve que voltar para sua cidade natal, onde ficou por alguns anos, antes de tentar novamente seu sonho. Agora, Grace estava mais preparada e Holly, possuía uma grande reputação como uma ótima agenciadora de talentos.

Holly estava agenciando o novo queridinho das mulheres, Jack Hamilton, que seria o protagonista de um filme, muito esperado pelo público feminino. Jack é um cara alto, de estilo meio despojado, loiro e de apenas vinte e quatro anos de idade. Para Jack, estar sendo agenciado por Holly e viver este personagem no cinema seriam a quase certeza de uma carreira muito bem sucedida.

Jack e Grace se encontram logo no primeiro capítulo, demorando alguns mais, para se aterem em um romance. Juntos, os dois são puro sexo e diversão, uma vez que o encaixe deles na cama – ou qualquer outro ambiente – é perfeito, e ela é super desinibida e ele, meio criançona. Assim, boas cenas de sexo e diálogos divertidos, não faltam neste livro.

O casal é orientado a não exibir sua relação em público, uma vez que o personagem do Jack – O Cientista Supersexy – se visto com uma mulher, poderá causar efeitos indesejados à sua carreira, pelas suas atuais fãs. Todavia, Jack quer provar a Holly que ela esta errada, e não deixa de viver seu romance intensamente com Grace, que acaba sendo conhecida como “a ruiva misteriosa” e “papa anjo” pela imprensa, por conta de diferença de idade dos dois.

Como Sheridan está em busca de conseguir uma carreira de sucesso e ser reconhecida assim como Hamilton, ambos continuam seguindo suas agendas e planos paralelos à relação que de certa forma, vem se construindo. Grace então faz uma audição para um musical em Nova York, já anteriormente programada, e para sua surpresa, além de ser aprovada e ter que se mudar para outra cidade, Sheridan ainda encontra seu melhor amigo – e de Holly – na faculdade, Michael O’Connell, que por coincidência ou não, é o autor do espetáculo e “ex crush” dela.

Com ida de Sheridan para Nova York sem data prevista de volta, os dois se vêem em um dilema: tentar um romance a distância ou acabar com tudo de uma vez? Enquanto não há resposta para isto, os dois vivem os últimos dias intensamente, regados a brincadeiras, novas descobertas do passado um do outro, novas descobertas sentimentais e muito sexo.

Minha opinião

Apesar de ser um livro erótico que não foge a sua temática, A Ruiva Misteriosa, é muito equilibrada com a descontração da comédia, ficando fácil torcer pelo casal. Não é uma narrativa atrelada ao drama, o que torna a leitura bem mais leve. É um tipo de história que se lê rapidamente, pois cada capítulo esta interligado, e não dá vontade de parar. Com certeza, A Ruiva Misteriosa, pelo menos com o primeiro livro lido, é a melhor história desta temática que já li, tendo um bom casal, personalidades bem definidas, uma linha do tempo bem estruturada e uma construção narrativa diferente, leve e gostosa de ser lida.

Todavia, algumas coisas ficaram a desejar. A tradução/edição não foi muito bem revisada, sendo encontrados vários erros de tradução nas concordâncias verbais das frases principalmente, durante a leitura, o que atrapalha um pouco no entendimento, sendo necessário reler a frase ou parágrafo, fazendo a modificação conforme sua própria interpretação daquele contexto. Outro ponto que ficou a desejar foram as sequências de ações, principalmente nos momentos mais quentes da trama, onde a narrativa confunde um pouco com a descrição de posições ou ações dos personagens conforme a cena evolui. Mas estas duas fraquezas do livro, não desmerecem a história ou o impacto final dela.

A autora

Alice Clayton é americana e começou a escrever aos trinta e três anos de idade, e desde então, vem lançando diversas séries de livros eróticos, como a sequência de RedheadA Ruiva Revelada (livro 2) e A Ruiva Pop Star (livro 3); E a série Cocktail, composta de cinco livros: Subindo pelas paredes (livro 1), Arranhando as paredes (livro 2), Derrubando as paredes (livro 3),  Mai Tai’d Up (livro 4 – sem tradução ainda) e Last Call  (livro 5 – também sem tradução ainda).

Sua opinião

Você já leu este livro? Conta pra mim se ele está na sua lista de leituras desejadas ou já lidas, e se já leu, o que achou.

Publicado por

Literalmente Adicto

Viciada em livros, boas histórias, pets e chocolate! Administradora de formação, leitora por amor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s